Sobre o vazio

O ESPAÇO VAZIO foi o primeiro livro sobre teatro escrito por Peter Brook. Redigido a partir de conferências ministradas pelo autor, divide o panorama teatral em quatro tipos diferentes: o Teatro do Aborrecimento Mortal, o Teatro Sagrado, o Teatro Bruto e, por último, o Teatro Imediato, a partir do qual Brook sugere uma arte dramática depurada, sem ornamento, baseada no triângulo actor-espectador-espaço vazio.
Publicado em 1968, a revista Time descreveu-o como uma obra que interessaria a todos os espectadores que se preocupam com a natureza e o destino do teatro contemporâneo. Quarenta anos depois, esta descrição conserva toda a sua pertinência, pois O Espaço Vazio tornou-se uma referência incontornável para aqueles que acompanham as artes performativas, tendo atingido o estatuto de verdadeiro clássico.
Esta edição é complementada com excertos de uma conversa com o actor e encenador João Mota e ainda uma listagem dos trabalhos de Peter Brook.

SOBRE O AUTOR
Peter Brook é actualmente um dos encenadores mais respeitados e influentes do mundo. Inglês radicado em França, o seu trabalho tem-se distinguido nas áreas artísticas do teatro, da ópera, do cinema e da escrita. Célebre pelas encenações dos textos de Shakespeare na Royal Shakespeare Company, Peter Brook dirige actualmente o Centro Internacional de Criação Teatral no Théâtre des Bouffes du Nord, em Paris. Entre os seus muitos espectáculos contam-se Marat/Sade, Le Mahabharata, La Tragédie d’Hamlet e Sizwe Banzi est Mort.

O Espaço Vazio, de Peter Brook • ORFEU NEGRO • MARÇO 2008
[EM BREVE DISPONÍVEL NA BLOOM]

2 Comments:

  1. Fran said...
    Happy birthday A. que contes muitos neste dia especial.
    T. esta noite parece-me ideal para calçares os teus saltos altos. Beijinho aos dois.
    F.
    teresa said...
    Obrigada, F., pela suggestion. ;-)
    Foi um óptimo dia! beijinhos. T.

Post a Comment





Copyright 2006| Templates by GeckoandFly modified and converted to Blogger XNL by Blogcrowds and tuned by Bloom * Creative Network.
No part of the content of the blog may be reproduced without notice and the mention of its source and the associated link. Thank you.